CLAMORES (Eduardo Arakaki)

Clamores

Por Eduardo Arakaki

Por causa do pecado estávamos mortos para com Deus, destinados a condenação eterna, escravos do pecado e do diabo, nos tornamos inimigos de Deus. No jardim, logo após a queda, Deus poderia ter destruído a raça humana e recomeçado do zero, no entanto, vemos o surpreendente e grande amor de Deus indo ao encontro do homem, embora este houvesse se escondido. Assim como Adão, nos escondemos atrás de árvores (religiosidade, incredulidade, medo, etc.), mas Deus está chamando para fora deste esconderijo, porque quer que nos arrependamos e recebamos a sua graça, para vivermos com ele e para ele. Esta graça, através do sacrifício de Jesus, nos tornou filhos amados, aceitos e perdoados. Podemos correr para o pináculo de nossa fé, a acrópole da graça de Deus descrita em 1 João 3.1 Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus.

Ler mais

A FIEL TESTEMUNHA

Semana de 31 de maio a 06 de junho de 2020

Leitura: Apocalipse 1.4-6; 3.14-22

Uma “Testemunha fiel” não significa apenas aquela que fala a verdade sobre um fato, mas também se refere a um mártir, alguém que perde sua vida por não negar sua fé e por se manter firme em sua causa.

A causa do Senhor Jesus era fazer a vontade do Pai e resgatar os filhos perdidos. A Sua humildade e dependência contrasta com a inexplicável independência e soberba da igreja de Laodicéia.

Olhando para esse quadro, que parece ser tão similar aos dias de hoje, devemos avaliar nossa relação com o Senhor: se estamos dispostos a andar com aquele que é A Testemunha fiel e verdadeira. Se a resposta é sim, podemos não ter a aparente tranquilidade de Laodicéia, mas temos a promessa do Senhor de estarmos no trono junto com Ele.

Faça download do card e compartilhe.

AQUELE QUE VENCEU A MORTE

Semana de 24 a 30 de maio de 2020

Leitura: Apocalipse 1.17-18; 2.8-11; 3.14-22

Em tribulações como a descrita para a igreja de Esmirna, o Senhor se apresenta não somente como aquele que venceu a morte, mas que também tem na sua mão as chaves da morte e do inferno.

Para Filadélfia ele diz algo semelhante, pois a chave que tem em sua mão é capaz de abrir ou fechar qualquer porta, sem que ninguém possa se opor a isso. Ver Jesus dessa forma nos dá força, confiança e descanso para enfrentar qualquer situação. 

Observe que ele não disse que iria retirar a tribulação que viria sobre aqueles irmãos, mas daria a eles o poder para vencer a morte. Cremos nessa verdade?

Faça download do card e compartilhe.

O QUE TEM A ESPADA AFIADA

Semana de 17 a 23 de maio de 2020

Leitura: Apocalipse 1.16; 2.12-17; 3.1-5

Querendo nos derrubar, Satanás arma ciladas utilizando enganos sutis que se misturam à verdade e acabam por manchar nossas vestes de justiça. Somente a verdade (a espada) que sai da boca do Senhor é capaz de trazer santidade e salvação. 

A relação do discípulo com a Palavra de Cristo não é opcional, nem pode ser eventual, pois é a partir desse firme fundamento que o Espírito Santo nos guarda de tropeços. 

Como tem sido nosso contato com a Palavra? Ela está habitando ricamente em nós?

Faça download do card e compartilhe.

OLHOS COMO CHAMA DE FOGO

Semana de 10 a 16 de maio de 2020

Leitura: Apocalipse 1.14-15; 2.18-29

O olhar de Jesus como chamas de fogo pode ser entendido de muitas maneiras, mas, sem dúvida, demonstra que ele conhece o nosso interior.

Não há barreiras para aquele que sonda mentes e corações, que “trará à plena luz as coisas ocultas das trevas, e também manifestará os desígnios dos corações” (1 Coríntios 4.5).

Vamos abrir voluntariamente nosso coração ao Senhor, expor nossas dificuldades, medos e sonhos. Ele é capaz de santificar nossa alma segundo sua perfeita vontade.

Faça download do card e compartilhe.

CEIA: UMA EXPRESSÃO DE AMOR (Otocar Wondracek)

Ceia: Uma expressão de amor
Otocar Wondracek

Sempre a Ceia nos remete ao amor de Deus, ao vermos a sua mesa com o pão e o vinho, que significam Sua entrega. Mas, lembrando que o grande amor do Senhor nunca cessa, renovamos esta lembrança hoje. Falar do amor de Deus é muito difícil, não porque não haja assunto, mas devido a incompreensão desse amor. Quem não conhece Deus, também não conhece o amor. Ler mais

O FILHO DO HOMEM NO MEIO DOS CANDEEIROS

Semana de 03 a 09 de maio de 2020

Leitura: Apocalipse 1.12-13; 2.1-7

Como os candeeiros se referem à igreja (Ap. 1.20) e Jesus está no centro dessa cena, podemos concluir que Ele deseja nossa atenção mais do que qualquer coisa.

Jesus nos ama e quer verdadeiramente nos pastorear, especialmente nestes dias de tanta incerteza. O relacionamento de amor e intimidade com o Senhor tem que ser a base de tudo que fazemos para Ele. Sem isso, não há chama no candeeiro, nem luz para o mundo.

Como está nossa comunhão e intimidade com Ele? O que tem sustentado as obras que fazemos para Ele?

Faça download do card e compartilhe.