MEDIADOR E INTERCESSOR

Semana de 30 de agosto a 05 de setembro de 2020

Leitura: 1 Timóteo 2:1-7 e Romanos 8:31-39

Um cântico dizia que “há um homem na glória que é vida para mim”. Jesus é esse Homem na glória.

Ele venceu como homem vivendo uma vida perfeita. Mas, mesmo sendo plenamente santo, decidiu tomar todos os nossos pecados sobre si, para que, após ressurreto, pudesse atravessar os portais eternos, apresentar-se diante do Pai, com um sangue perfeito e um corpo glorioso e, representando cada um de nós, pudesse assentar-se à direita da majestade nas alturas, garantindo nosso acesso à presença de Deus.

Ele não é um mediador passivo, que apenas nos aceita. Ele é o nosso intercessor particular, que nos apresenta ao Pai incessantemente, estando nós totalmente justificados pelo Sangue. O autor da carta aos Hebreus (Hb 4.14-16) concorda com o que Paulo disse apontando para o fato de que esse mediador, nosso sumo sacerdote Jesus, conhece a fraqueza humana e pode nos socorrer com graça e ajuda na hora da dificuldade.

Vamos nos alegrar, sabendo que Jesus é o mediador e intercessor que não esquece de nós! Compartilhe com seus irmãos sobre momentos em sua vida onde esta ação do Senhor foi importante.

Faça download do card e compartilhe.

SALMO 105 (Fernanda Fagundes)

O Salmo 105 nos traz tantos ensinos preciosos para a nossa caminhada com Deus. Logo no início exorta-nos a ter um coração grato, buscar o Senhor e a proclamar as suas maravilhas. Lembrar da sua aliança e feitos também está entre os valorosos conselhos do salmo, muito provavelmente, pela nossa forte e antiga tendência em nos esquecermos de tudo que o Senhor já fez por nós e em nós.

Ler mais

A NOSSA VIDA

Semana de 23 a 29 de agosto de 2020

Leitura:  Colossenses 3:1-17

Nessa passagem Paulo usa a palavra grega “zoe” que significa: “vida de Deus”. Ele utiliza essa palavra nos versículos 3 e 4 para dizer que é a vida de Cristo em nós que hoje nos faz vencer o pecado em suas mais diversas formas (versículos 5 a 11). Mas nem sempre foi assim. Por causa do pecado, nós estávamos condenados e éramos incapazes de viver a plenitude do que Deus planejou para nós. Perdemos o acesso à Árvore da Vida até o dia em que fomos alcançados pela graça e misericórdia do Senhor.

Cristo não apenas nos salvou da condenação, mas também nos tornou vivos para Deus. Ele é a razão de nós mortificarmos a nossa velha natureza: porque temos uma nova vida para viver, segundo o padrão perfeito de Deus, vida em abundância!

Às vezes nos esforçamos para cumprir os mandamentos, pensando que assim teremos algo de agradável para apresentar a Deus. Mas, na verdade, a lógica do plano de Deus é inversa. Jesus é o homem, o Filho, que agrada ao Pai plenamente. Ele nos dá Sua vida para que, vivendo através de nós, também sejamos agradáveis ao Pai. Não é por esforço próprio, mas por fé, crendo, confiando e fazendo exatamente o que o Senhor nos ordena (versículos 11 a 17). 

Devemos pensar sobre quais aspectos da vida de Jesus ainda não são experiências práticas em nós e pedir para que o Espírito Santo nos encha de graça e poder para experimentarmos uma transformação radical. 

Que cada vez mais, não apenas no fato, mas também na experiência, Cristo seja a nossa vida!

Faça download do card e compartilhe.

A CABEÇA

Semana de 16 a 22 de agosto de 2020

Leitura: Efésios 4:11-16 e Colossenses 1:13-22

Ser cabeça, na Bíblia, fala de autoridade, cobertura e provisão. Jesus não é apenas nosso Salvador. É também nosso Senhor; aquele que dirige, cuida e provê.

Como corpo de Cristo, nos foi dado o privilégio de anteciparmos o dia em que Jesus será cabeça sobre todas as coisas. Hoje já podemos desfrutar das bênçãos da sua autoridade e provisão,  pois nos tornamos parte do Seu corpo, que estende a nós tudo aquilo que vem dEle.

Por outro lado, temos também a responsabilidade de sermos suas mãos e seus pés aqui na terra, vivendo como ele viveu e estendendo ao mundo a bênção de fazer parte da Família de Deus. Onde quer que estejamos, Jesus ali estará.

Compartilhe com seus irmãos como você entende que o Senhorio de Cristo, o Cabeça, deve operar, de forma prática, em nossa vida e relacionamentos como membros do mesmo corpo.

Faça download do card e compartilhe.

BUSCAI AS COISAS LÁ DO ALTO… PENSAI NAS COISAS LÁ DO ALTO… (Diego Waldow)

O Senhor tem me levado todos os dias a contemplá-lo, olhar pra sua glória, sua majestade, seu poder, sua grandeza, a sua obra na cruz, seu amor, seu nome sobre todo nome, sua obra na minha vida. Nesses momentos tudo se desfaz, tudo perde a importância diante de Cristo Jesus. Também me vem a revelação do verdadeiro significado de beleza, virtude, amor, do que realmente tem valor. Lembra-me de quão pequeno sou, me leva a me humilhar, a reconhecer que sem Ele não tenho vida, e como muitas coisas ainda precisam ser mudadas na minha vida. Eu me emociono todas as vezes e sempre me leva a querer estar mais e mais perto dEle.

Ler mais

O SEGUNDO HOMEM E O ÚLTIMO ADÃO

Semana de 9 a 15 de agosto de 2020

Leitura:  1 Coríntios 15:46-49

Ser o Segundo Homem significa que Deus iniciou em Cristo uma nova humanidade. Por causa do pecado, vemos em Gênesis 5:3 que Adão gerou filhos segundo a “sua imagem”. Uma imagem corrompida e desfigurada. Assim éramos nós. Filhos de Adão, herdeiros da sua imagem e da sua corrupção.

Mas Deus revelou em Jesus uma nova humanidade, perfeita, segundo o padrão do Reino, segundo a imagem de Deus.  Por isso, hoje, pela fé, podemos ser tirados da primeira humanidade e transportados para a segunda, em Cristo, de forma que nos tornamos novas criaturas e herdeiros das coisas da nova criação!

Ser o Último Adão significa que Ele é o último e que, após Ele, não há necessidade de nenhuma nova obra. Cristo foi a solução definitiva de Deus, nos dando acesso a um Reino inabalável! 

Jesus foi a resposta completa e perfeita de Deus para o problema do pecado. Não se trata de uma teoria ou uma simples doutrina, mas uma realidade viva e eficaz naqueles que experimentaram o novo nascimento.

O que significa para você ser nova criação em Cristo?

Faça download do card e compartilhe.

O FILHO DE DEUS

Semana de 02 a 08 de agosto de 2020

Introdução

Quem é Jesus para você? Alguém já disse que essa é a pergunta mais importante que todos nós temos de responder. O Próprio Jesus em Mateus 16:15 questionou os Seus discípulos: “quem vocês dizem que Eu sou”?

Anos mais tarde, Paulo se viu confrontado com essa mesma pergunta quando, diante da glória do Jesus ressurreto, mais brilhante que o sol do meio-dia, clamou: “quem és tu, Senhor”?

Isso não foi apenas um marco na sua conversão, mas se tornou o objetivo da sua vida: conhecer a Cristo e fazê-lo conhecido. Vamos então meditar juntos sobre algumas das respostas que Paulo recebeu para essa pergunta ao longo da sua carreira com o Senhor.

Leitura:  João 3.25-30; Efésios 5.31-32

Muito provavelmente, Gálatas foi a primeira carta apostólica de Paulo. Dentre as treze cartas escritas por ele, ela é a que mais contém as palavras “Filho” ou “filhos”.

Na Bíblia, ser filho é sinônimo de liberdade. Em Gálatas nós vemos que Jesus é apresentado como o Filho, que foi enviado, na plenitude do tempo, para nos resgatar, libertar e nos dar o Seu Espírito que garante nossa posição, também, como filhos de Deus!

Jesus é o Filho que venceu o pecado, a morte e a escravidão da lei. E porque a vida do Filho de Deus está em nós, estamos aptos a ter as mesmas vitórias que Ele. Você tem desfrutado da liberdade e intimidade que a filiação nos traz?

Faça download do card e compartilhe.
Faça download do card e compartilhe.