A VIDA EM SECRETO (Nicolas Wondracek)

Semana de 17 a 23 de janeiro de 2021

Leitura:  Mateus 6:1

“Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles; doutra sorte, não tereis galardão junto de vosso Pai celeste.” Mateus 6:1

Quem faz a vontade de Deus para ser visto pelos homens, em verdade, no seu coração, está servindo aos homens e a si mesmo, mas não a Deus. O discípulo, por outro lado, realiza suas obras no secreto, para glorificar a Jesus e ser recompensado pelo Pai.

Nessa passagem, Jesus nos ensina como viver a verdadeira piedade segundo o padrão do Reino dos Céus. Ao ensinar qual deve ser a nossa intenção em tudo aquilo que fazemos para Deus, o Senhor confronta o orgulho em nosso coração.

É importante entendermos que quando falamos de “vida em secreto” não significa que todo nosso relacionamento com Deus deve acontecer a portas fechadas.

Pelo contrário, em Mateus 5:16, aprendemos que a nossa luz deve brilhar diante dos homens, de forma que vejam as nossas boas obras e glorifiquem ao nosso Pai que está nos Céus. Portanto, o que importa não é ser honrado ou desprezado pelas pessoas, mas agradar e glorificar a Deus.

Hipocrisia significa: “fingir algo que não somos, que não sentimos ou que não cremos”, e é por isso que Jesus censura os fariseus chamando-os de hipócritas. Suas identidades eram sempre definidas pela honra que recebiam em público. Eles, literalmente, tocavam trombetas ao dar esmolas, justificando que era para avisar os mais necessitados.

Entretanto, nós, como discípulos de Jesus, devemos ter nossa identidade definida no lugar secreto, a partir do relacionamento com o nosso Pai. Assim, tudo que fizermos em público será apenas um reflexo daquilo que foi produzido em um lugar onde ninguém vê.

É deste modo que devemos praticar e desenvolver toda forma de piedade. Seja nas esmolas, que falam dos nossos recursos; seja na oração, que fala do nosso coração e tempo; seja no jejum, que aponta para a nossa vida e força.

Em todas essas esferas, a pergunta que devemos fazer é: temos vivido para a glória de Deus ou para a nossa própria glória? Compartilhe com seus irmãos suas lutas e vitórias, e oremos uns pelos outros para que Cristo seja o nosso tudo e que Deus receba toda a glória!

Faça download do card e compartilhe.