A FÉ COMO BASE DA VIDA EM CRISTO (Tg 1:1-18)

Semana de 22 a 28 de maio de 2022

A carta de Tiago contém preciosos ensinos práticos para nossa vida como discípulos do Senhor Jesus. Tendo em vista que foi escrita, originalmente, para os cristãos de origem judaica espalhados pelo mundo (a “diáspora”), poderíamos imaginar que Tiago apresentou leis ou regras do Novo Testamento para este povo que estava acostumado a seguir os mandamentos. No entanto, antes de falar sobre “o que fazer e o que não fazer” (Tg 1.5-18), Tiago apresenta a base de toda obediência que gera frutos eternos e que agrada a Deus (Tg 1.2-4).

Ler mais

SÉRIE: A VIDA NORMAL DA IGREJA (A obra permanente de Deus na igreja, Atos 27 e 28)

Semana de 15 a 21 de maio de 2022

Os dois últimos capítulos de Atos mostram a parte final do ministério de Paulo, especialmente a sua viagem para Roma com “escala” em Malta após o naufrágio do barco em que viajavam. Também mostra parte do tempo que ficou aprisionado à espera de seu julgamento, o que lhe permitiu fortalecer os irmãos daquela jovem igreja.

Ler mais

SÉRIE: A VIDA NORMAL DA IGREJA (O testemunho cristão normal, Atos 21 a 26)

Semana de 08 a 14 de maio de 2022

Ao meditarmos em Atos 19 e 20, vimos que Paulo despediu-se dos irmãos de Éfeso como quem não os veria mais nesta vida. Ele iria para Jerusalém com a real possibilidade de uma oposição e perseguição mais intensa. Mesmo assim, Paulo não deixou de fazer o que havia recebido do Senhor como parte final de sua missão pela propagação do evangelho, tal como fizera durante todos os anos que serviu à igreja. 

Ler mais

SÉRIE: A VIDA NORMAL DA IGREJA (O evangelho completo, Atos 17 e 18)

Semana de 24 a 30 de abril de 2022

O título deste tópico sugere que, se há um evangelho completo, há também um evangelho incompleto. Na verdade, o evangelho do Senhor Jesus é pleno e completo para fazer prosperar Sua vontade na vida de todo aquele que crê. Mas, ao longo dos séculos, a igreja foi destacando e dando ênfase a um ou outro aspecto desse evangelho completo. Nos acostumamos com isso, considerando as diferentes doutrinas e, às vezes, pensando que esta ou aquela “linha” é melhor ou pior do que as outras.

Ler mais